junho.png

Osu kefa Òdún – Sexto mês do ano | Okudu - Junho


Segunda quarta-feira do mês
Ajòdún Oya ati Oba
Festividade em Homenagem aos òrìsà Oya e Oba
(Cerimônia pública, às 20h)

Cerimônia em homenagem as duas grandes àyàbà (rainhas). Durante os rituais, os filhos da Casa e da comunidade pedem a Oya, a senhora dos ventos, que afaste todos os males e a Oba, a rainha da sociedade de Eleko, que defenda os direitos das mulheres.


Quarta-feira após a cerimônia em homenagem à Sàngó
Ajòdún Dada Ajaká
Cerimônia em homenagem ao Òrìsà Dada
(Cerimônia pública às 20h)

Cerimônia em homenagem ao Òrìsà Dada, um dos patronos da Casa de Òsùmàrè. É um momento muito esperado, pois é o único dia no ano em que a Adé Bayanni (Coroa de Bàyání) é apresentada ao público.

24 de junho
Òro Baba Dáko
Obrigação de Baba Dáko
(Cerimônia pública, às 14hs)

Ainda com a fogueira de Sàngó acesa, é invocado Baba Dáko, o grande caçador de feiticeiros (as), o Òrìsà funfun, dono do bambuzal, pedindo a Ele que afaste as energias negativas da vida de todos.


Segundo sábado do mês
Ajòdún Sàngó
Cerimônia em homenagem ao Òrìsà Sàngó
(Cerimônia pública, às 20h)

Cerimônia dedicada ao rei do trovão, patrono da justiça. Durante os rituais, os filhos da Casa e da comunidade pedem a Sàngó que interceda por eles resolvendo-lhes questões.


23 de junho
Iná Sàngó
Fogueira de Sàngó
(Cerimônia pública, às 20h)
Cerimônia realizada desde os primórdios do culto aos Òrìsà do fogo. Uma grande fogueira é acesa para evocar as divindades da família de Sàngó, para que as cinzas levem os pedidos dos filhos de santo e da comunidade.